Geração millennials: quais práticas adotar para as demandas dessa geração?

Para muitos educadores, atrair e manter a atenção da geração millennials é um verdadeiro desafio. Isso porque esses jovens possuem como características marcantes a agilidade no pensamento e o alto dinamismo de suas ações.

Dessa forma, muitos estudantes não interagem com os padrões tradicionais da sala de aula. Ou seja, o professor que mantém a postura centralizadora do conhecimento pode ter dificuldades de motivar e envolver esses alunos.

Para romper essa barreira, a instituição de ensino precisa estar disposta a superar alguns padrões e se adequar às características da geração dos millennials. Neste post, você encontrará práticas que podem ser adotadas para aumentar o diálogo e elevar o nível de aprendizado. Acompanhe!

Propor aulas mais dinâmicas e práticas

O quadro cheio de conteúdo e um professor estático diante dos estudantes se tornou pouco atrativo para a geração millennial. Acostumados a uma avalanche de informações nas palmas de suas mãos, esses jovens estão ansiosos por elementos que quebrem a rotina e possibilite novas descobertas.

Pensando nisso, envolver os alunos em atividades como exercícios práticos e concretos pode intensificar o conhecimento. É possível, por exemplo, apresentar as reações de elementos químicos com aulas em laboratórios.

Além disso, apresentar o conteúdo de forma dinâmica traz efeitos positivos. Por isso, envolver vídeos, áudios e apresentações ao longo do ano letivo quebram a previsibilidade dos dias. Esse “fato novo” é capaz de despertar o interesse dos alunos e envolvê-los de forma mais ativa na construção do próprio aprendizado.

Desenvolver atividades digitais interativas

Atualmente, muitos estudantes possuem dispositivos capazes de se conectar à internet. Normalmente, esses aparelhos podem ser elementos de distração nas salas de aula, mas é possível reverter esse quadro. O professor pode se beneficiar dessa conectividade ao propor atividades on-line.

Com os elementos adequados dentro das salas de aula, é possível intensificar a experiência de aprendizagem com conteúdos digitais exclusivos. É possível utilizar plataformas específicas de conhecimento ou, até mesmo, sites famosos, como o Google Earth, como recurso para aulas de geografia, por exemplo.

As instituições de ensino também podem apostar em ambientes de conectividade com lousas interativas e ferramentas que proporcionem a conexão na internet. Um ambiente virtual tende a atrair ainda mais a atenção dos estudantes.

Instigar a curiosidade dos estudantes

Os millennials tendem a reagir positivamente a desafios. Instigá-los a buscar o seu conhecimento por meio de pesquisas em sites e sistemas educativos pode proporcionar bons resultados no processo de aprendizagem.

Para tanto, é importante estimular a curiosidade. Dessa forma, ao mesmo tempo que respeita a autonomia de cada estudante, o professor incentiva o interesse em procurar soluções e alternativas a cada desafio proposto em sala de aula.

Utilizar sistemas integrados

Os sistemas integrados são excelentes apostas por integrarem processos e atender ao imediatismo característico dessa geração. Assim, é possível aumentar a interação e facilitar o acompanhamento de toda a vida acadêmica.

Com esses sistemas, o estudante pode receber conteúdos exclusivos, acompanhar seu rendimento e desempenho, além de tirar dúvidas. Os familiares, por sua vez, podem dialogar com a direção e gestores, além de receberem notificações de forma mais rápida. Dessa forma, é possível fortalecer a interação entre escola e toda a comunidade.

Atender às demandas da geração millennials exige adaptação para uma nova percepção da sala de aula. Os educadores precisam estar aptos e qualificados para entender as características dos estudantes e aproveitá-las para intensificar o processo educacional.

E aí, gostou do post? Então, para se manter atualizado, confira as 5 tendências pedagógicas que todo profissional precisa acompanhar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *